Meu lado Maria

26 de julho de 2008

Biscoito de polvilho (com fotos)

Arquivado em: Lanches — Tags:, — Eloise @ 19:06

Essa receita não é fácil de fazer, principalmente se você nunca viu sendo feita, mas vale a pena o trabalho. Fica um biscoito crocante por fora e macio por dentro, parecido com pão de queijo, para comer quente.

Quem fazia esse biscoito era minha avó Rosalina, mineira de São Gonçalo do Sapucaí, e a tradição segue com minhas tias Ermelinda e Tita, que moram em São José dos Campos (SP). O problema é que elas fazem assim: um prato de polvilho, um pouco de farinha, um punhado de… e o resultado é maravilhoso. Então eu procurei na internet até achar uma receita que se parecia com o que minha avó fazia, levei para as tias, que a aperfeiçoaram, e aí está.

INGREDIENTES:

1 kg de polvilho azedo

2 xic de farinha de milho amarela

3 ovos

3 xic de leite

2 xic de óleo bem quente (o original leva banha de porco)

2 xic de água aproximadamente

2 colh de sopa rasas de sal

Modo de fazer

     

            Colocar a farinha de milho em uma vasilha, acrescentar o leite e reservar.

            Em outra vasilha, colocar o polvilho e sovar bem com 1 xícara de água contendo o sal, desmanchando os carocinhos que se formarem.

            Na mesma vasilha, dividir ao meio o polvilho e despejar o óleo bem quente na metade desse polvilho (isso é para não queimar as mãos). Em seguida, misturar as duas partes e sovar bem, esfregando o polvilho entre as mãos, até que saiam todos os grumos.

            Acrescentar a farinha de milho com o leite, os ovos e continuar amassando. Tem que sovar muito, mas muito mesmo, até que a massa comece a soltar ar. Vá pingando mais água. A massa deve ficar em ponto de enrolar, mas um pouco grudenta, sendo necessário untar as mãos com óleo para fazer os biscoitos.

            Enrolar os biscoitos ( o melhor é em formato de palitos de um dedo de grossura) e colocar em forma forrada com papel alumínio untado. Assar em forno quente até dourar.

            Não cobrir.

            Servir quentes.

 

Obs:

1. Se ficar a massa ficar dura, os biscoitos não crescem e ficam com a casca grossa.

2. Se a massa ficar mole demais, pode-se acrescentar mais polvilho sovado com salmoura ou deixá-la na geladeira por umas duas horas antes de enrolar.

3. Com esta massa, pode-se fazer pão de queijo. Neste caso, acrescentam-se 3 xícaras (chá) de queijo ralado. Enrolar formado bolinhas.

4. Dá para congelar (antes de assar) – enrole os biscoitos e coloque numa forma aberta no freezer para endurecer, depois guarde num saco plástico.

                       

About these ads

4 Comentários »

  1. procuro uma receita parecida,só que é de rosca de polvilho pra ser servida fria tmbem. era uma receita que minha mãe fazia e não lembra mais. só encontrei estas roscas em uma panificadora no litoral do paraná, mas eles não dão a receita. se tiver algo manda para mim por favor.

    Comentário por vandira — 23 de fevereiro de 2009 @ 22:08

    • Você quis dizer “frita”? Se for, a minha vó fazia e é capaz de eu conseguir com uma das minhas tias, aí eu te envio.

      Comentário por Eloise — 27 de fevereiro de 2009 @ 21:28

  2. Eloise,
    procurava na Internet uma receita de biscoito que fosse semelhante ao que minha mãe fazia. Ela também fazia do mesmo jeito da tia Rosalina, uma pouco disso um punhado daquilo. Quando me deparei com sua receita achei bem parecida e copiei pro meu computador.
    Qual não foi meu espanto ao ler a introdução da receita e descobrir que a sua vó Rosalina é minha tia. Sou filha da Doralice e do Antônio, Meu pai era muito amigo das primas Ermelinda e Tita.
    Vou tentar fazer e espero que fique pelos menos parecido com a da minha mãe.
    Se tiver mais receitas das tias e da vó Rosalina me passe por favor.
    Grande abraço.
    Izabel Eleane Arantes Gonçalves
    São Gonçalo do Sapucaí-MG

    Comentário por IZABEL ELEANE — 16 de fevereiro de 2010 @ 15:32

    • Oi, prima,
      Eu me lembro muito de seus pais, de umas férias que passei na casa da tia Izabel (sua vó, certo?).
      Eu sou filha da Ivanilde (a filha mais nova da Rosalina), que também era muito amiga de seus pais.
      Veja só a internet promovendo reencontros.
      Vou ver com a tia Ermelinda se consigo a receita do biscoito para fazer frito e outras, depois envio e coloco no blog.
      Abraços

      Comentário por Eloise — 16 de fevereiro de 2010 @ 19:33


Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Banana Smoothie. Blog no WordPress.com.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: